Seg - Qui 8:30 - 17:30 - Sex 8:30 - 17:00
(41) 2106-0010
comercial@ctsconsultoria.com.br
R. Emanuel Kant 60 - sala 713 a 718

Capão Raso - Curitiba/PR

Protesto de 24 horas é para pressionar planos  Está prevista para hoje, em 12 Estados, uma nova paralisação de 24 horas dos médicos contra os planos de saúde. Em outros, como SP e RJ, haverá manifestações nas ruas.

É a terceira vez, no intervalo de um ano, que os médicos interrompem o atendimento cobrando melhores honorários e condições de trabalho.

Desta vez, consultas e cirurgias marcadas pelos planos serão suspensas em SE, AC, BA, ES, MA, MG, PA, PB, PE, PI, RN e SC. Urgências e emergências serão atendidas.

A principal reivindicação é aumento regular nos honorários. Entidades médicas cobram da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) resolução que regulamente a relação entre médicos e planos.

Pedem, por exemplo, que os planos reajustem a cada ano os honorários e que paguem multa por atraso.

Procurada, a ANS afirma que “vem trabalhando” pelo entendimento entre operadoras e prestadores de serviços de saúde. A agência diz ainda que as consultas deverão ser remarcadas sem prejuízo ao paciente.

Posts recentes

Fale conosco

Surgiu alguma dúvida, fale conosco!

Categorias