Seg - Qui 8:30 - 17:30 - Sex 8:30 - 17:00
(41) 2106-0010
R. Emanuel Kant 60 - sala 713 a 718

Capão Raso - Curitiba/PR

Número de exames feitos por planos cresce 13,1% em 2012

As operadoras de planos de saúde realizaram 194,8 milhões de exames médicos em 2012, uma média de 14 por beneficiário. O aumento foi de 13,1% ante 2011, de acordo com a FenaSaúde (federação nacional do setor).Os procedimentos equivalem a um total de despesas de R$ 7 bilhões -16,5% de alta sobre o montante de 2011.Os dados são referentes a 29 operadoras associadas à entidade e constam em um boletim que será divulgado pela federação neste mês.

O número de exames cresceu mesmo com a queda de 2,9% no total de beneficiários das empresas no período.”Foram mais procedimentos com menos pessoas, o que também elevou a média per capita de exames realizados”, diz José Cechin, diretor-executivo do órgão.Em alguns tipos de diagnósticos, como ressonância magnética e tomografia computadorizada, houve expansão de quase 30% no ano.No caso das tomografias, a média no universo das operadoras foi de 130,8 para cada mil habitantes.

A taxa supera o índice de países como Canadá (126,9), Alemanha (117,1) e Reino Unido (76,4), mas fica atrás da dos Estados Unidos (265,0).Com cerca de 8,9 milhões de registros, as radiografias estão entre os exames mais demandados pelos pacientes.Apesar do aumento do total de diagnósticos, em ao menos um tipo houve queda no ano passado.

O volume de mamografias em mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos recuou 7,6%.No acumulado dos últimos cinco anos, as despesas assistenciais saltaram de R$ 2,9 bilhões, em 2007, para R$ 7 bilhões, no ano passado -um avanço de 140%.O aumento percentual supera o crescimento do número de beneficiários do período (25%) e também a inflação acumulada (31%).

Fonte: Folha de S.Paulo

Posts recentes

Segurança de E-mail

SEGURANÇA DE E-MAIL Ao utilizar o e-mail corporativo devemos tomar alguns cuidados pois nem sempre os mecanismos de segurança tradicionais são suficientes para impedir incidentes na organização.

Leia mais »

Fale conosco

Surgiu alguma dúvida, fale conosco!