Seg - Qui 8:30 - 17:30 - Sex 8:30 - 17:00
(41) 2106-0010
R. Emanuel Kant 60 - sala 713 a 718

Capão Raso - Curitiba/PR

Sociedades médicas pedem inclusão de mais tratamentos à ANS

Sociedades médicas de diversas especialidades estão mobilizadas para tentar fazer a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) incluir novos procedimentos na lista de coberturas obrigatórias dos planos de saúde. Desde sexta-feira até o dia 19 de julho está aberta para consulta pública a proposta da agência de incluir 11 novos procedimentos no rol, que entrará em vigor em janeiro de 2016.

No entanto, a agência recebeu 109 sugestões de novos tratamentos, selecionou apenas 34 e só alguns estão em consulta pública. Isso frustrou entidades médicas, como as Sociedades Brasileiras de Cardiologia e a de Urologia, que viram seus pedidos serem ignorados.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia, por exemplo, pede a inclusão de um tipo de tomografia capaz de estimar o risco de um paciente sofrer enfarte e outras doenças cardíacas no futuro. Já a Sociedade Brasileira de Urologia se mobiliza para a inclusão da prótese peniana inflável, indicada para homens com disfunção erétil grave, que não respondem aos medicamentos.

Raquel Lisboa, gerente-geral de regulação assistencial da ANS, afirma que mais da metade dos pedidos de incorporação recebidos pela agência não teve formulários devidamente preenchidos, mas novas inclusões não estão descartadas. “O período de consulta pública serve exatamente para que a sociedade possa contribuir.”

Fonte: VEJA

Posts recentes

Fale conosco

Surgiu alguma dúvida, fale conosco!